0

Ataque cibernético à Atento tem como alvo o Brasil

Mais uma  empresa é alvo de ataque cibernético. Dessa vez é uma prestadora de serviços de call center, a Atento. A companhia divulgou um comunicado confirmando o incidente na bolsa de Nova York, onde tem ações. Empresa admite instabilidades. O Brasil foi o país mais atingido.

No informe ao mercado, divulgado neste domingo, 17/10,  a Atento, especializada em comunicação unificada e terceirização de processos de negócios  (CRM/BPO) na América Latina, confirma que todos os sistemas afetados foram isolados e que houve, sim, uma interrupção dos serviços.

Ainda à bolsa de Nova York, a Atento diz que não foram encontradas evidências de vazamento de dados do cliente. “Nossas investigações ainda estão em andamento e trabalharão em estreita colaboração com as autoridades competentes”, reportou a Atento.

Segundo ainda a companhia, o principal país afetado é o Brasil e que há um trabalho de urgência para reestabelecer os serviços.

Justiça exige dados da Atento Brasil sobre ataque hacker

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), órgão do Ministério da Justiça, vai notificar a Atento para que informe quantas e quais empresas tiveram o funcionamento das centrais de atendimentos afetado pela tentativa de ciberataque identificada pela multinacional espanhola.A informação é do jornal O Globo.

Apenas a Azul Linhas Aéreas comunicou oficialmente a Senacon sobre o prejuízo ao atendimento do seu call center, mas outras companhias informaram em seus sites e em mensagem enviada diretamente sobre problemas com as centrais de atendimento devido ao ataque. Nenhuma delas estima o tempo para regularização dos call centers. Entre essas empresas com problemas no atendimento desde domingo estão, além da Azul, Vivo, Livelo, Unimed-Rio, Burguer King, Itaú e BMG.

A secretaria diz ainda estar monitorando as reclamações sobre o tema e pede aos consumidores para que registrem qualquer dificuldade em se comunicarem com as empresas para que possa tomar providências. E acrescenta que verificará se as companhias afetadas estão comunicando adequadamente o problema, assim como as alternativas ofertas de atendimento.

A Atento Brasil não é obrigada a reportar incidentes no Brasil porque não é listada na B3. Tanto que a informação sobre o ataque hacker foi publicada na Bolsa de Nova York. Com forte atuação no país, a empresa prefere o silêncio sobre o incidente cibernético.

Entenda o que é um ransomware

Fonte

charles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.